Candomblé

2017. “Araketure Faraimorá”: Yorubanidade no Candomblé Brasileiro, Uma Permanente Recriação; e o Caso Exemplar do Ilê Odô Ogê.  In The Yoruba in Brazil, Brazilians in Yorubaland : Cultural Encounter, Resilience, and Hybridity in the Atlantic World, ed. Niyi Afolabi e Toyin Falola, 245 – 260, EUA: Carolina Academic Press. 

2017. «O passado composto no Candomblé da Bahia – o “antigamente” como lugar de memória e aporte político, II Congresso Lusófono de Ciência das Religiões.

2016. ““Candomblé é a África”. Esquecimento e Utopia no Candomblé jeje-nagô”, Cadernos de História 17, 26: 64 – 82.doi: 10.5752/P.2237-8871.2016v17n26p64

2016. “Alôxê mi, Agué mirô”. Hibridismo e invenção da tradição no candomblé do Engenho Velho,  II Colóquio Doutoral ISCTE-IUL. 

2016. Nostalgia, Reafricanização e Estética o que diz o povo de santo de Salvador e Uberaba, Pensar África. 

2015. Ifanização ou para além da eficácia ritual: a construção da teologia entre os Yorùbá e no Candomblé jeje-nagô, Atas do I Congresso Lusófono de Ciência das Religiões. 

2015. “Candomblé é a África”. Esquecimento e Utopia no candomblé jeje-nagô, International Conference Transcultural Amnesia: Mapping Displaced Memories.

2013. “«Em roma sê romano». O Candomblé como adaptação criativa e hibridismo, nas origens e no séc. XXI; Bahia, Lisboa e Berlim”, Revista Lusófona de Ciência das Religiões, 18-19: 205 – 216. 

2013. “Em Roma sê romano“: O candomblé como adaptação criativa e hibridismo nas origens e no século XXI: Bahia, Lisboa e Berlim, Simpósio Religion und soziokultureller Wandel in der lusophonen Welt.

2013. “Vou fazer minha obrigação” – Tradição, Dever e Fazer em contexto Yorùbá e no Candomblé de matriz Jeje-Nagô, Colóquio “O que é religião em África? Identidade, Pertença e Prática Ritual”.

2012. Candomblé em Português. História. Organização. Teologia.. ed. 2, ISBN: 978-989-97829-0-7. Lisboa: Asèwétà | Comunidade Portuguesa do Candomblé Yorùbá.

2011. Adés: homossexualidade como operadora de mudança no Candomblé, Colóquio “Homossexualidade e Religião: tensões e inclusão, o case-study do Candomblé”.

search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close