O DESMORONAMENTO DE BOLSONARO

Com esta saída, Sérgio Moro tem sido transformado em herói em vários setores da sociedade brasileira. Tal aumento de capital simbólico é determinante nas suas muito prováveis aspirações presidenciais. O Brasil entrou em “Estado de calamidade” bicéfala, entre a pandemia do Covid-19 e a pandemia política de Jair-17. A presidência de Jair Bolsonaro constituía, desde o começo, um cenário de “bomba-relógio”, um difícil jogo de equilíbrio entre interesses...

COVID-19 E A REFORMA DA PROVIDÊNCIA

A eleição de Bolsonaro foi a caixa de pandora de uma sociedade profundamente assimétrica. Enganchada na eleição de Donald Trump e a reboque das nostalgias dos regimes autoritários e nacionalistas, culturalmente unívocos e moralmente ultraconservadores, tornou-se num pretexto de combate ideológico radical, o qual assumiu, desde cedo, uma feição religiosa: a busca pelo Messias. Esse Messias seria de outra matéria diferente do reformista humanista que Cristo simboliza, apresentando-se...

MAREGA: O ROSTO DECLARADO DE UM PROBLEMA INVISÍVEL

A onda de solidariedade para com Moussa Marega, avançado maliano do Futebol Clube do Porto, vítima de racismo evidente e grosseiro, não é sintoma de que temos um país antirracista por excelência, mas antes é sinal de que a empatia para com as vítimas de racismo é enviesada, demandando por casos evidentes e atores salientes. Portanto, por mais paradoxal que possa parecer, este despertar serve de prova da...

EUTANÁSIA NA ENCRUZILHADA ENTRE SECULARIZAÇÃO E MORAL RELIGIOSA

A discussão sobre a eutanásia resume-se, por um lado, em colocá-la numa circunstância de eutanásia versus cuidados paliativos, sendo que não são soluções excludentes e, por outro, confundir direito à vida com obrigação de estar vivo. Neste assunto, é o debate entre moral religiosa e ética secular que traça as fronteiras. O debate em torno da Eutanásia reacende-se por estes dias, e com ele a sociedade portuguesa retorna...

A ERA DA PÓS-VERDADE

A era da pós-verdade, da verossimilhança, dos factos alternativos, resume-se numa frase clássica: não deixar que a verdade estrague uma boa história. Como escrevia Mattelart, em História da Ciência de Informação (2006), a noção de information overload (excesso ou sobrecarga de informação) diz respeito a uma elevada taxa de entrada de informação nas sociedades urbanas que impossibilita o eficaz tratamento da mesma. Com isto, estamos diante de uma circunstância social na qual...

“QUE CIGANICE” OU DE COMO É URGENTE REPENSAR A POSIÇÃO DOS CIGANOS NA SOCIEDADE PORTUGUESA

As palavras têm peso porque adquirem significados culturais que lhes conferem uma dimensão particular, veiculando sentidos sociológicos específicos. Tanto o que é dito, quanto o que não é dito, são expressões culturais que aportam a determinadas mundividências. É por isso que a perceção de que o racismo não existe em Portugal, ou que tem uma dimensão social reduzida, não é coincidente com o número de expressões populares de...

Back to Top
error: Content is protected !!